fbpx

Remodelação da orelha Turquia

O que é o Ear Reshaping Turkey?

A remodelação das orelhas na Turquia é um tipo de cirurgia estética que tenta corrigir orelhas desiguais ou salientes, aproximando-as do crânio e moldando a cartilagem da orelha.

Vários hospitais e clínicas de cirurgia estética oferecem a remodelação das orelhas na Turquia e os pacientes podem esperar que o tratamento seja efectuado por cirurgiões plásticos altamente qualificados, com ênfase no rejuvenescimento do rosto. O doente e o cirurgião decidirão se o doente receberá anestesia local ou geral para o procedimento.

Durante a cirurgia, os cirurgiões chegam à cartilagem auricular através de pequenas incisões atrás das orelhas. Para que a cartilagem pareça mais equilibrada e proporcional, pode ser cortada, deslocada ou alterada. O ângulo em que as orelhas se estendem do crânio também pode ser ajustado pelo cirurgião nos casos em que estas sobressaem demasiado.

As incisões são suturadas depois de a cartilagem ter sido moldada na perfeição, e é colocada uma ligadura ou penso para manter as orelhas protegidas enquanto recuperam. As nódoas negras, o inchaço e a dor são efeitos secundários comuns da cirurgia às orelhas que os doentes podem ter nos dias após o procedimento. No entanto, estes problemas desaparecem normalmente à medida que os ouvidos recuperam.

Com a ajuda dos cirurgiões plásticos altamente qualificados da Turquia e das instalações médicas de ponta, os pacientes de otoplastia podem melhorar a estética das suas orelhas. Antes de decidirem fazer uma otoplastia, os doentes devem falar com um cirurgião plástico certificado sobre as suas expectativas, preocupações e se são bons candidatos para o tratamento.

Quanto custa a remodelação da orelha na Turquia?

A remodelação das orelhas na Turquia pode custar entre dezenas de milhares e centenas de milhares de liras turcas (Lev), dependendo de uma série de variáveis, como o nível de formação e especialização do cirurgião plástico, a complexidade da operação e a inclusão ou exclusão de outros tratamentos.

Um procedimento para remodelar a orelha na Turquia pode custar entre 1.000 e 3.000 dólares americanos. No entanto, as variáveis acima mencionadas podem fazer com que os custos variem substancialmente.

Uma vasta gama de despesas, incluindo, mas não se limitando a, cuidados pré e pós-operatórios, anestesia, taxas de instalações, prescrições e consumíveis, são frequentemente incluídas no preço final da remodelação das orelhas da Turquia.

Para ajudar os clientes a reduzir as despesas totais, algumas clínicas turcas podem oferecer descontos ou pacotes para os doentes que se submetem a várias operações ou que optam por programas de tratamento completos.

Remodelação da orelha de peru antes e depois

Como é feita a remodelação da orelha na Turquia?

A Turquia alberga alguns dos cirurgiões plásticos mais conceituados do mundo e uma das suas especialidades é a remodelação das orelhas, por vezes designada por otoplastia. Dependendo da escolha do paciente e da complexidade do tratamento, a cirurgia é normalmente efectuada sob anestesia geral ou local com sedação.

As técnicas cirúrgicas da Turquia para remodelar as orelhas podem diferir de um paciente para outro com base na sua anatomia individual e nos resultados desejados. No entanto, a abordagem normal implica normalmente:

Preparação: O paciente e o cirurgião plástico reúnem-se antes da cirurgia para analisar o historial médico, os objectivos e a estratégia cirúrgica do paciente. Para referência, podem ser tiradas fotografias pré-operatórias.

O paciente é sedado para garantir o seu conforto durante o processo. O cirurgião e o doente decidirão qual a melhor forma de atuação, que pode incluir anestesia geral ou sedação administrada localmente.

Os cirurgiões fazem pequenas incisões na pele mesmo atrás das orelhas, nas dobras naturais onde a orelha se encontra com o crânio. As cicatrizes serão menos visíveis devido à colocação cuidadosa destas incisões.

Remodelação da cartilagem: O cirurgião pode decidir cortar, reposicionar ou remodelar a cartilagem da orelha para que esta se adapte melhor ou para corrigir um problema específico. As técnicas de esculpir a cartilagem podem incluir a marcação, a sutura ou mesmo a excisão da cartilagem.

Posicionamento das orelhas: Se as orelhas estiverem demasiado salientes, o cirurgião plástico pode alterar o seu ângulo para que pareçam mais proporcionais e equilibradas.

As suturas são utilizadas para selar as incisões depois de a cartilagem ter sido moldada e posicionada no grau correto. Para manter a cartilagem no seu novo lugar, o cirurgião pode utilizar suturas que vão para dentro do corpo.

Colocar um penso ou uma ligadura nas orelhas ajuda a protegê-las e dá-lhes apoio enquanto recuperam. Reduz o inchaço e acelera o processo de cicatrização com este penso.

O inchaço, as nódoas negras e a dor são efeitos comuns após a cirurgia de remodelação das orelhas, embora normalmente desapareçam em poucos dias ou semanas. Embora a maioria dos doentes possa retomar as suas actividades normais no espaço de uma ou duas semanas, é importante evitar actividades intensas durante algumas semanas para garantir uma recuperação adequada.

Qualquer pessoa que esteja a pensar em fazer uma cirurgia estética na Turquia para alterar a forma das suas orelhas deve primeiro reunir-se com um cirurgião plástico certificado para falar sobre as suas expectativas, preocupações e hipóteses de sucesso com a operação. Para aumentar a probabilidade de um procedimento de otoplastia seguro e eficaz, é necessário um exame abrangente e um plano de tratamento individualizado.

Coisas a considerar antes da cirurgia de modelação da orelha

Há uma série de coisas em que deves pensar antes de fazeres uma otoplastia, ou cirurgia de correção da orelha, para remodelar as tuas orelhas. Entre eles estão:

Para que a cirurgia de remodelação das orelhas seja um sucesso, o paciente deve ter expectativas razoáveis e bem definidas sobre o procedimento e os seus resultados. Para ter a certeza de que a operação é a mais adequada para ti, é importante falar com um cirurgião plástico qualificado sobre os teus objectivos e quaisquer problemas específicos que tenhas com o aspeto das tuas orelhas.

A otoplastia e outras operações de cirurgia estética facial são melhor tratadas por um cirurgião plástico certificado, por isso é uma boa ideia consultares um destes médicos. Fala sobre as tuas expectativas, problemas de saúde anteriores e preocupações sobre o tratamento durante a consulta. Com base na tua anatomia única e nas tuas preferências estéticas, o cirurgião irá avaliar as tuas orelhas, analisar as alternativas de tratamento contigo e fornecer sugestões individualizadas.

Os potenciais perigos da cirurgia de remodelação das orelhas incluem infeção, hemorragia, problemas com a anestesia e maus resultados, mas também existem benefícios para o tratamento. Antes de decidires avançar com a operação, certifica-te de que conheces todos os perigos e vantagens possíveis.

Hematomas, inchaço e dor são efeitos secundários comuns da cirurgia de remodelação das orelhas que os pacientes podem esperar sentir durante o período de cicatrização. Pode ser necessário faltar ao trabalho ou limitar algumas actividades durante a fase inicial de recuperação, dependendo da complexidade da operação e das variáveis individuais de cura. Para garantir que a tua recuperação corre bem, é uma boa ideia falar com o teu cirurgião sobre o que deves esperar e fazer planos adequados.

Os resultados da cirurgia de remodelação das orelhas podem ser dramáticos, mas antes de teres muitas esperanças, é crucial considerar as tuas expectativas de forma realista. Embora o objetivo seja obter um aspeto mais equilibrado e proporcional, nunca ninguém o conseguirá alcançar na perfeição e cada um terá experiências diferentes.

Prepara-te para seguir as recomendações pós-operatórias do teu cirurgião plástico no que diz respeito ao tratamento de feridas, gestão de medicação e visitas de acompanhamento. Para garantir que a operação corre bem e que recuperas adequadamente, é importante ir às consultas de seguimento como planeado, para que o cirurgião te possa verificar e responder a quaisquer questões que possas ter.

Pensa em quanto dinheiro tens e como podes pagar a cirurgia de remodelação das orelhas. Antes de decidires o orçamento final, é importante ter em conta todas as despesas inerentes ao procedimento. Estes podem incluir cuidados pré e pós-operatórios, anestesia, taxas de instalações, medicamentos e materiais, bem como o nível de experiência do cirurgião e a complexidade da cirurgia. Para tornar as despesas do tratamento mais fáceis de gerir, deves também informar-se sobre a existência de planos de pagamento ou alternativas de financiamento.

Contacta-nos agora

Obter um orçamento

Obtém uma marcação gratuita e mantém-te em contacto

Please enable JavaScript in your browser to complete this form.

Possíveis riscos da cirurgia de modelação da orelha

Quando realizada por um cirurgião plástico experiente, a cirurgia do formato da orelha, também conhecida como otoplastia, é frequentemente considerada uma técnica segura. No entanto, é preciso estar consciente do facto de que existem riscos e consequências possíveis associados a cada procedimento cirúrgico. Infeção, hemorragia, cicatrização lenta da ferida, alteração da sensação da orelha, assimetria, sobre ou subcorrecção das orelhas e riscos relacionados com a anestesia estão entre eles. Embora estas complicações sejam pouco frequentes, os doentes que pretendam fazer uma otoplastia devem, no entanto, falar com o seu médico sobre elas na consulta pré-operatória. A cirurgia de modelação da orelha tem mais probabilidades de ser bem sucedida e segura se os pacientes forem informados sobre os riscos envolvidos e seguirem à risca todas as instruções pré e pós-operatórias.

Quanto tempo demora a cirurgia de modelação da orelha?

O tempo que demora a moldar as tuas orelhas (otoplastia) depende de uma série de variáveis, tais como os métodos utilizados, a complexidade da operação e se são ou não feitas outras operações ao mesmo tempo. A duração normal de um procedimento de otoplastia é de uma a duas horas.

O cirurgião plástico faz pequenos cortes atrás das orelhas para chegar à cartilagem que as compõe. Para obter o resultado estético pretendido, a cartilagem pode ser cortada, deslocada ou remodelada. Para moldar a cartilagem e corrigir quaisquer irregularidades ou protuberâncias, os cirurgiões podem utilizar a marcação, a sutura ou mesmo a excisão da cartilagem.

As feridas são suturadas quando a cartilagem tiver sido moldada e posicionada na perfeição. O passo seguinte é cobrir as orelhas com uma ligadura ou penso para as manter seguras e apoiadas enquanto recuperam.

Embora a maioria dos procedimentos de otoplastia sejam feitos em ambulatório sob anestesia geral ou local com sedação, o tempo necessário para completar a operação pode variar de paciente para paciente, dependendo da sua anatomia e dos objectivos do tratamento.

A otoplastia é muito dolorosa?

Factores como a tolerância individual à dor, a técnica cirúrgica e o âmbito do tratamento determinam a quantidade de desconforto sentido durante a otoplastia, também conhecida como cirurgia de modelação das orelhas. Embora alguns doentes possam sentir dores fortes após a otoplastia, a maioria refere apenas um desconforto ligeiro a moderado.

Para garantir que os pacientes não sentem qualquer desconforto durante o tratamento, é normalmente utilizada anestesia, quer seja anestesia geral ou anestesia local com sedação. A dor, a rigidez e o desconforto à volta das orelhas são efeitos secundários típicos do pós-operatório, embora sejam muitas vezes controláveis com os medicamentos para a dor que o teu cirurgião te deu.

Outros sintomas de desconforto que os doentes podem ter nos dias após a cirurgia incluem nódoas negras, inchaço e dor à volta das orelhas. No entanto, é comum que estes sintomas desapareçam com o tempo, à medida que o corpo vai sarando.

Para garantir uma recuperação rápida com o mínimo de dor, os doentes devem seguir rigorosamente as instruções pós-operatórias do seu cirurgião. Isto inclui tomar qualquer medicação para as dores conforme prescrito, elevar a cabeça, evitar levantar pesos e usar qualquer vestuário de compressão ou pensos que possam ter sido recomendados.